Microsoft certifica o Hyper-V para rodar com Red Hat

Depois de dois meses de trabalho pesado, a equipe responsável por garantir a interoperabilidade entre o Hyper-V e outros programas de virtualização disponíveis no mercado certificou a solução da Microsoft para rodar com Red Hat.

Hank Janssen, especialista em desenvolvimento de aplicativos em C/C+ para Linux, Unix e outros OSS, conta no blog Port25 que a Microsoft e a Red Hat completaram o processo de certificação mútua de suas soluções de virtualização. Significa, segundo ele, que os clientes agora podem implantar o Microsoft Windows Server e o Red Hat Enterprise Linux, além de uma série de outros aplicativos virtualizados com seus programas, com a certeza que as soluções serão suportadas por ambas as empresas.

No post, Janssen diz que esta é outra ação que demonstra o comprometimento da Microsoft com a interoperabilidade e heterogeneidade por todo o data center.

Ele afirma que, para a sua equipe, este foi apenas o primeiro passo: trabalhamos e conseguimos a certificação para rodar o Hyper-V com o Red Hat em modo emulado. O próximo passo será conquistar a certificação para o modo “enlightened”, modo em que sistema operacional reconhece o Hyper-V e consegue, portanto, acessar suas funcionalidades diretamente.

No post publicado pelo Port25, Janssen explica os próximos passos da Microsoft e sua equipe nessa jornada. Confira!


Tags: ,

Voltar para as notícias

Os comentários estão encerrados.