System Center 2012 facilita criação de nuvens privadas

O lançamento do Microsoft System Center 2012 representa para os profissionais de TI a oportunidade de fornecer serviços rápidos e confiáveis com a Computação em Nuvem, permitindo às empresas criarem sua nuvem privada, além de ganharem vantagem competitiva com isso. O anúncio foi feito em Las Vegas (EUA), por Brad Anderson, Vice-presidente Corporativo da Microsoft, no evento Microsoft Management Summit.

Na ocasião, o executivo também antecipou como a nuvem privada da Microsoft se tornará ainda mais poderosa com o Windows Server “8” e anunciou que o novo sistema operacional “otimizado para a nuvem” será chamado oficialmente de Windows Server 2012 e será lançado ainda neste ano.

“Com a Computação em Nuvem os profissionais de TI podem aumentar seu valor estratégico em suas empresas ao obterem novas habilidades”, disse Anderson. “As soluções de nuvem privada da Microsoft ajudam os departamentos de TI a inovarem em ambientes virtuais, gerenciando e fornecendo as aplicações que as pessoas precisam para serem mais produtivas em nuvens privadas, híbridas e públicas”, completa Maurício Prado, gerente geral de servidores da Microsoft Brasil.

Segundo o executivo, a solução traz diversas novidades tais como:

  • Gestão de ambientes físicos e virtuais de modo integrado;
  • Compatibilidade com múltiplas plataformas, tais como Windows, Linux e Unix, além de gerenciamento multi-hipervisor, conseguindo integrar e gerenciar soluções VMWare e Citrix, além da própria solução da Microsoft, o Hyper-V;
  • Características para gerenciamento e controle de “Consumerização de TI” uma vez que o System Center 2012 pode gerenciar políticas de segurança para dispositivos Windows Phone, Android e IOS (incluindo iPads e iPhones) de modo totalmente integrado;
  • Infraestrutura “Self-service” que permite a agilidade na requisição e provisionamento de recursos;
  • Monitoramento avançado de aplicações e diagnósticos.

Gerenciamento é um diferencial

Empresas que utilizam o System Center 2012 e o Windows Server com Hyper-V se tornam mais ágeis, reduzem custos e são mais competitivas. Por exemplo, a EmpireCLS Worldwide Chauffeured Services, uma empresa de carros de luxo situada em Nova Jersey (EUA), utilizou a nuvem privada da Microsoft para reduzir custos de datacenter em 50% e ajudar a empresa a crescer 30% nos últimos 18 meses. Com mais de 1.000 funcionários, a EmpireCLS escolheu a nuvem privada Microsoft para fornecer um sistema confiável de reservas para clientes em mais de 700 cidades em todo o mundo. Com o System Center 2012, a EmpireCLS também utilizou seu ambiente de nuvem para criar um novo negócio com sua oferta de software como serviço chamado BeTransported. A aplicação tem sido amplamente usada no mercado de serviços automotivos.

De forma similar, a The Walsh Group, uma empresa de construção situada em Chicago (EUA), adotou a nuvem privada Microsoft para automatizar o fornecimento de servidores e aplicações virtualizadas para 5 mil funcionários. Além de maior eficiência nos negócios, a empresa foi capaz de reduzir os custos de energia elétrica e hardware em 20%. “Com a Microsoft, conseguimos ir além da virtualização para Computação em Nuvem, ao automatizar e gerenciar nosso ambiente de TI completo”, disse Patrick Wirtz, gerente de TI do grupo. “Fornecemos aos nossos engenheiros, executivos e desenvolvedores de software os recursos computacionais que eles precisam para construir rodovias, pontes e arranha-céus”, completa.

Em outro caso, a Apartments.com, um serviço norte-americano de busca online de apartamentos com sede em Chicago, precisava de uma infraestrutura de TI mais dinâmica e ágil para se manter competitiva e fornecer um serviço mais rápido para os 6 milhões de visitantes mensais do site. Com a nuvem privada da Microsoft, a empresa pode provisionar um servidor 50% mais rápido e com licenciamento 75% mais barato.


Tags:

Voltar para as notícias

Os comentários estão encerrados.