Saiba tudo sobre DevOps e como acelerar seu uso na nuvem com Microsoft Azure

Você já ouviu falar em DevOps? As áreas de TI das organizações recebem cada vez mais solicitações de negócios que demandam atendimento mais rápido e soluções melhores do que nunca. Nos últimos anos, o DevOps surgiu como uma tendência para ajudar as organizações a evoluir para uma melhor colaboração entre as equipes de desenvolvimento e de operações e assim atender a esses desafios de entrega de soluções.

Embora a transformação com DevOps possa tomar bastante tempo para se concretizar junto às pessoas e processos de uma companhia, há uma grande oportunidade de acelerar a sua adoção através do uso de capacidades de cloud que podem reduzir a complexidade da infraestrutura, simplificar o gerenciamento de soluções e suportar a visibilidade de aplicações de ponta a ponta, ao longo de todo o ciclo de vida da solução.

Nesta série de artigos e posts publicada por Keith Mayer, especialista da Microsoft focado em infraestrutura Windows, virtualização de data center, gerenciamento de sistemas e nuvem privada, você pode saber praticamente tudo a respeito de DevOps. A série contará com nada menos do que 24 posts sobre o tema, incluindo uma apresentação sobre a série e posts sobre o valor do DevOps para a área de TI da empresas, controle de fontes na nuvem e outras tantas aplicações do DevOps.

Se você trabalha com TI e enfrenta diariamente o desafio de atender rapidamente as demandas de TI com soluções cada vez mais eficientes, vale a pena acompanhar a série.

Sobre Vinícius Souza

O Vinicius Souza tem foco em desenvolvimento, em especial de Windows 8 e Azure, além disso tem experiência em algumas tecnologias Open-Source de desenvolvimento e conduz várias ações com a comunidade para projetos envolvendo Interoperabilidade vejam seu blog http://aka.ms/visouza e o seu Twitter:http://twitter.com/vbs_br. O Vinicius é aficionado por games, ficção científica, estuda guitarra, faz passeios de bike em trilha e é entusiasta de automodelismo (Buggy 1/8) nas suas horas vagas.

Tags: ,

Voltar para as notícias

Os comentários estão encerrados.